Marketing Pessoal para Pais: Dos Blogs às Publicações para a Família

capa marketing pais

Numa era dominada pela tecnologia e pela presença constante das redes sociais, o conceito de partilha evoluiu de conversas à mesa do jantar para publicações online que alcançam amigos, familiares e, por vezes, estranhos em todo o mundo. Para os pais, criar um espaço digital que documente e partilhe as peripécias e conquistas familiares pode ser uma forma maravilhosa de manter ligações, preservar memórias e até mesmo oferecer apoio a outras famílias. Este guia passo a passo visa auxiliar na criação de um blog de família, desde a escolha da plataforma até dicas de engajamento e privacidade online, aplicando estratégias de marketing digital de forma pessoal e segura.

Introdução d’O Pom-Pom

Depois de artigos com sugestões para entreter as crianças na Páscoa ou sobre a importância do trabalho sensorial na creche, vai achar estranho ler um conteúdo que promova o “estar online”. A verdade é que não podemos fugir ao que se passa à nossa volta: todos temos redes sociais e estamos online.

Assim sendo, resolvemos perguntar aos especialistas como é que os pais podem estar online de forma pedagógica, divertida e, sobretudo, segura com os filhos. Falamos com a agência digital criativa com quem trabalhamos e desta vez fomos nós quem (orgulhosamente!) lhes lançou um desafio: contem-nos como é que os pais podem usar a tecnologia e as redes sociais para partilharem momentos deliciosos com as suas famílias e amigos chegados?

A Up We Go aceitou o desafio e este artigo é da sua responsabilidade.

Dos Blogs às Publicações para a Família

Num mundo onde a distância física pode facilmente transformar-se em distância emocional, a criação de um blog de família e o uso inteligente das redes sociais surgem como faróis de proximidade, luzes que nos permitem estar juntos, mesmo quando estamos longe.

Para os pais, estes espaços digitais não são apenas plataformas de partilha; são cápsulas do tempo, guardiães de risos, aventuras e momentos de crescimento. Eles oferecem uma forma única de gravar memórias, mantendo amigos e familiares atualizados com as peripécias do dia a dia. Imagine capturar não só os primeiros passos e palavras, mas também os sorrisos espontâneos, as gargalhadas contagiantes, desafios superados e mesmo aquelas birras sem qualquer sentido que um dia serão contadas à mesa.

Ter um blog de família ou conta nas redes sociais, como Facebook e Instagram, são duas excelentes opções para aproveitar a tecnologia a favor da sua família, mesmo para quem não se quer expor.

é sobre construir pontes digitais que aproximam, que transformam quilómetros em cliques e saudades em sorrisos.

Este guia não é apenas sobre como iniciar um blog ou manter as suas contas de redes sociais protegidas; é sobre construir pontes digitais que aproximam, que transformam quilómetros em cliques e saudades em sorrisos.

Siga os passos

Escolha da Plataforma

O primeiro passo para iniciar um blog de família é a escolha da plataforma. WordPress, Blogger e Wix são opções populares, que oferecem uma gama de ferramentas de personalização e facilidade de uso.

  • WordPress: é conhecido pela sua flexibilidade e vasto diretório de temas e plugins, permitindo que personalize o seu blog ao seu gosto.
  • Blogger: é uma alternativa user-friendly, perfeita para quem procura simplicidade e integração com as ferramentas Google.
  • Wix: oferece um construtor de sites intuitivo com drag-and-drop, ideal para quem valoriza design e facilidade de construção sem necessidade de conhecimentos de programação.

Definição do Conteúdo e Design

Após a escolha da plataforma, defina o conteúdo que deseja partilhar. Será um diário de aventuras familiares, uma coleção de receitas favoritas ou dicas de parentalidade? O conteúdo definirá o tom do blog e ajudará a escolher um design que reflita a personalidade da sua família. Utilize templates e temas que se alinhem com o seu conteúdo, assegurando que o design seja tanto apelativo quanto funcional, facilitando a navegação dos visitantes.

Privacidade e Segurança

Antes de começar a publicar, é crucial considerar a privacidade e a segurança online. Decida se o seu blog será público ou se terá elementos privados, acessíveis apenas por convite. Plataformas como o WordPress permitem configurar privacidade a nível de post, o que é ideal para partilhar conteúdos específicos com um círculo restrito de pessoas.

É também essencial aplicar práticas seguras, como evitar a partilha de informações pessoais detalhadas e utilizar palavras-passe fortes.

Na dúvida use o bom senso: pergunte a si mesmo o que diria se visse o conteúdo que está prestes a publicar online.

Criação de Conteúdo Engajante

Para manter o seu blog vivo e interessante, publique conteúdo regularmente e diversifique os formatos. Além de textos, incorpore fotos, vídeos e áudios para tornar as publicações mais dinâmicas. Histórias do dia-a-dia, aprendizagens, desafios e conquistas são tópicos que costumam gerar empatia e interesse. Utilize um tom autêntico e pessoal, como se estivesse a partilhar histórias com amigos próximos, para criar uma conexão genuína com os leitores.

Dicas de Engajamento

Interagir com os seus leitores é fundamental para criar uma comunidade ativa em torno do seu blog. Encoraje comentários, responda a perguntas e considere a criação de conteúdo colaborativo, convidando outros pais para partilhar as suas experiências. Utilize as redes sociais para promover novas publicações e alcançar um público mais amplo. No entanto, lembre-se de manter o equilíbrio, promovendo o seu blog sem sobrecarregar os seus seguidores com publicidade excessiva.

Caso opte por um blog público é natural que, com o crescimento do mesmo, seja contactado para parcerias e anúncios. Cabe-lhe a si tomar a melhor decisão para a sua família.

Redes Sociais Privadas

Quanto à partilha de conteúdos em redes sociais, como o Instagram, opte por configurações que protejam a sua privacidade e a da sua família. No Instagram, por exemplo, pode configurar a sua conta como privada, garantindo que apenas seguidores aprovados vejam as suas publicações. Utilize também funcionalidades como os “Stories” para partilhar momentos do dia-a-dia que não necessitam permanecer no seu perfil permanentemente.

Não se esqueça que pode ter contas diferentes: uma sua e outra da sua família, mais restrita e resguardada. Fica a dica!

Uma sugestão que nunca falha é novamente utilizar o bom senso: por exemplo, quer mesmo muito publicar um vídeo mas não quer expor o pequenote? Desfoque a cara, como faz O Pom-Pom nas suas redes sociais.

Outra dica é a utilização de grupos fechados ou mensagens diretas para partilhar conteúdos específicos com família e amigos próximos, mantendo o controlo sobre quem tem acesso às suas publicações.

Prontos para começar?

Criar um blog de família é uma jornada emocionante que permite documentar e partilhar as alegrias e desafios da vida familiar. Ao seguir este guia, os pais e educadores podem criar um espaço digital seguro e envolvente, aplicando estratégias de marketing digital para ampliar o alcance das suas histórias e conectar-se com outros pais e famílias. Ao mesmo tempo, a atenção à privacidade online assegura que estas memórias sejam partilhadas de forma segura, protegendo a intimidade e o bem-estar da família.

Caso tenha dúvidas, fale connosco. A nossa Equipa ficará feliz por ajudar a sua família.

Se ainda não estiver convencido quanto à utilização da tecnologia e preferir usar as redes sociais enquanto espectador, deixamos uma última dica: siga O Pom-Pom. Só terá de ter cuidado com um aspeto: os conteúdos vão provocar muita emoção!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *